17 abril 2008

Spawn #173 – Resenha

Título: Um Conto de Três Irmãos parte 4: Segredos e Mentiras

Roteiro: David Hine

Desenhos: Brian Haberlin

Cores: Andy Troy

Data nos EUA: Novembro/2007

Data no Brasil: Março/2008


Sinopse: Um Conto de Três Irmãos continua nesta edição. Al Simmons se torna um matador frio enquanto seus irmãos seguem caminhos próprios, um se torna um homem da justiça e outro cai no vício das drogas e colapso mental. As memórias fluem e Spawn começa a imaginar que não foi ao acaso a escolha dele para se tornar um Hellspawn. E então ele resolve fazer uma visita aos pais e esse encontro revela um grande segredo.


Positivo/Negativo:
a saga elaborada por David Hine começa a amarrar uma grande trama cósmica que nos reporta aos antepassados de Al Simmons. O roteirista consegue trazer elementos que sempre nos perguntávamos onde estavam, como por exemplo a família de Al Simmons. Nunca seus pais foram mostrados antes, e agora percebemos que a mãe dele tem grande parcela no futuro de Al. Vendo a forma como ela e Mammon/Malefick engendraram a vinda do Hellspawn, não podemos deixar de compará-la à Virgem Maria, só que trazendo uma espécie de “anticristo” para a Terra. Estes segredos guardados de Spawn só nos aguça na curiosidade de se fazer a seguinte pergunta: “até onde isto vai?”

Parece que agora, David Hine conseguiu mesmo acertar a mão e nos mostra uma trama que, apesar da pouquíssima ação, capricha no roteiro, imaginando se Todd McFarlane já tinha tudo isto planejado desde o início. Já Brian Haberlin continua com sua arte que tem agradado muitas pessoas e Andy Troy prossegue mostrando o bom trabalho em cores computadorizadas, bem diferente do início das aventuras de Spawn, onde abusava do colorido, e hoje o preto predomina, criando um clima bem sombrio para as histórias.

Sobre a edição em si, não há muito que acrescentar. A Pixel Media, junto com o Cassius Medauar, prosseguem o bom trabalho com a revista, sendo que desta vez não tivemos a seção “Bastidores” e “Troco minha alma por”. Já na seção de cartas, tivemos o “mais do mesmo” de dúvidas que estamos acostumados a ver na comunidade oficial.

Para finalizar, a revista traz minha 3ª colaboração com a revista, onde eu revelo o passado de Marc Simmons em uma história inédita no Brasil, além de falar um pouco sobre a personagem Sutura, que teve certa ligação com ele no passado. Agora, é só esperar pela próxima edição, que trará a aguardada história do Spawn Pistoleiro. Até lá!