05 maio 2008

Brian Haberlin fala sobre a edição 183 e a reestruturação da revista

Matéria de Vaneta Rogers, do site Newsarama, com Brian Haberlin durante a NY Comic Con.

A grande novidade revelada na Nova York Comic Con sobre a Image era de que dois novos nomes estariam trabalhando no título do Spawn a partir da edição #185, e ambos foram fundadores da Image. Além disso, de acordo com eles, haverá uma reestruturação importante no título, e essa nova direção terá início com a edição # 185.

Mas aquilo que descobrimos com o atual editor e artista da série Spawn, Brian Haberlin, torna as coisas um pouco mais interessantes. Há uma nova personagem chegando no numero #183 que será, como Haberlin diz, uma "grande surpresa" para os leitores antigos de Spawn. Ela vai desempenhar um papel importante na reestruturação e nova direção? Quem é ela? E porque outra reestruturação? Fomos até a mesa de trabalho do artista e falamos com Haberlin para descobrir mais sobre tudo isso.

Como os leitores ficaram sabendo em nossas conversas anteriores com o atual escritor David Hine e o próprio Haberlin, Spawn já amarrou varias pontas soltas ao longo do último ano. A premissa inteira por trás da história mudou, assim como a parte artística e criativa, os quadrinhos fugiram do estilo super herói e ficaram mais perto dos contos de horror, longe das antigas cenas de batalha e mais próximo do realismo.

Na ocasião, quando a série atingiu a edição #166, Hine explicou e amarrou quase toda a trama e deu dicas sobre o futuro do Spawn. Na realidade, o Armageddon, que foi prometido durante tanto tempo aconteceu - o mundo realmente acabou. Mas um novo tomou o seu lugar.

Mas agora, Haberlin disse que tudo será amarrado e explicado antes dele e do David Hine deixarem a revista a partir da edição #184. "David Hine provavelmente é a pessoa que mais sabe sobre Spawn, além do próprio Todd. Nas próximas cinco edições, concluiremos as tramas que vêm se desenvolvendo por mais de 170 edições. Colocaremos tudo num belo arco," disse.

Ele admitiu a boa continuidade da série, mas afirmou que isso conclui tudo em definitivo. "Isto será como a tampa da garrafa," disse ele rindo.

Haberlin comenta também sobre a sua saída da função de editor da revista, ficando tudo sob responsabilidade do próprio Todd McFarlane. Mas antes de sair, ele e Hine contarão uma história imperdível pra quem lê Spawn, na sua opinião. "Acredito que quem já acompanha a série verá um monte de coisas sendo concretizadas que eles sempre quiseram ver, mas nunca tinham se realizado. E as pessoas que conhecem detalhes que aconteceram no passado do Spawn verão algo interessante acontecendo nesta história. Algo que eles não vão querer perder ", disse ele.

Quando nós pedimos que Haberlin nos contasse mais sobre a tal "tampa da garrafa", ele apenas sorriu e nos mostrou a capa da edição #183.

E agora quem poderia ser essa mulher?

"É uma mulher num traje de Spawn. Eu não sei quem ela é", responde novamente rindo.

Obviamente, a tão popular personagem Angela veio à mente como falamos para o artista, mas quando perguntado se era algum tipo de retorno dela a série, Haberlin imediatamente disse: "Não." Mas em seguida acrescentou: "Talvez. Eu não digo. Poderia ser ela".

Mas então perguntamos de outra forma, "Já teriamos visto essa personagem antes?" Haberlin respondeu, "Não. Ela é totalmente nova".

Tentando encontrar mais pistas sobre quem esta mulher poderia ser, e o que está vindo depois da reestruturação, começamos a falar com Haberlin sobre as próximas histórias. Na edição #180, Mike Mayhew desenha uma história que se passa no período da I Guerra Mundial, Haberlin disse que explorará a linhagem de Al Simmons, e as histórias seguintes também serão ligadas a familia Simmons.

"E tudo aquilo que o motivou nós mostraremos nas edições #183 e #184. Mammon tem sido o cara nos bastidores há muito tempo. E nós estabelecemos esses bastidores. Al se tornou Spawn por uma razão. Nós mostraremos essa razão mas a história não acaba aqui", disse ele, indicando que há muito mais para ser contado sobre o Universo Spawn do que foi mostrado no início das edições.

"David está fazendo com que seja bem profundo e complexo. É uma tapeçaria", disse ele.

E essa mulher faz parte de alguma forma dessa tapeçaria? "Sim, ela faz", disse. "Ela será uma grande surpresa".