16 dezembro 2008

Novas Notícias sobre Spawn e a Pixel Media

Desde o dia 11 desde mês muito estão querendo obter notícias de como será o futuro da Pixel Media após a saída de Cassius Medauar, editor que a conduziu por quase 2 anos. Alguns dias depois do ocorrido consegui entrar em contato com Odair Braz Jr., primeiro editor da Pixel. Ele me informou que sempre houve um embate entre os editores e a Ediouro, editora carioca sócia da Futuro. Ele acha que após a saída de Cassius dificilmente a Ediouro vai se manter no ramo dos quadrinhos por falta de pessoas experientes na empresa e não faz sentido continuar vendendo quadrinhos com a saída do editor. Mesmo se permanecer, talvez só lance quadrinhos sem periodicidade fixa, como Sandman e Corto Maltese. Já as séries mensais Pixel Fábulas, Pixel Magazine e Spawn dificilmente continuarão em 2009.

Sobre a multa rescisória da DC Comics sobre o não-cumprimento do contrato de 5 anos, ele acha que a Ediouro deve analisar. Se o valor da multa for equiparado aos gastos de produção dos quadrinhos, então eles devem pagá-la ao invés de arriscar lançar novas revistas já que editora está começando a decair. O mesmo vale para Spawn, já que o seu contrato é bem recente.

Também perguntei a ele sobre o que ele achava dos títulos Vertigo, Wildstorm, ABC e Spawn irem para outra editora, como a Panini por exemplo. Ele acha realmente que a editora paulista deve obter a linha adulta da DC, mas não deve lançar com regularidade, lançando apenas alguns títulos ocasionais. No caso de Spawn, ele me informou que é um produto que deve interessar às demais editoras pois na época em que ele assinou o contrato com a TMP duas outras editoras (provavelmente Panini e Mythos) estavam em disputa pela sua aquisição, porém a Pixel conseguiu levar vantagem.

Também consegui entrar em contato com o Cassius Medauar. Por enquanto ele vai realmente entrar “de férias” e continuará dando assistência à Pixel como editor freelancer, mas não estará à frente das publicações. Segundo ele, Spawn deve continuar, mas não tem certeza sobre outras publicações, como o caso de Spawn Mangá (cuja a renovação de contrato já contava com esta revista para o ano que vem) e a série Spawn: Godslayer, cujo especial foi lançado ano passado pela Pixel. Ele afirmou também que antes de sua saída, os novos volumes de Fábulas Pixel e Pixel Magazine já estavam fechados, porém ainda não sabe se serão lançados este mês.

Perguntado sobre a possibilidade dele ir para outra editora, disse que por enquanto pretende ficar com a família por um tempo. Já os motivos de sua saída realmente foi sobre não concordar com algumas políticas adotadas pela Ediouro em relação aos títulos publicados.

E por último, consegui, finalmente, entrar em contato com Dayana Faria do Serviço de Atendimento ao Consumidor da Ediouro através de e-mail. Perguntei a ela sobre os novos rumos da Pixel, a saída de Cassius Medauar e a possibilidade de falência da editora. Eis a primeira resposta oficial da Ediouro depois dos acontecimentos:

Prezado Sr. Leandro Cruz,

A Pixel continuará normalmente, mas com periodicidade de lançamentos ajustada ao momento econômico.

Agradecemos o contato e disponha sempre do nosso atendimento.

Atenciosamente,
Dayana Faria
SAC - Livros
Ediouro Publicações

Agora vem a questão: o que significa “momento econômico”? Seria sobre a crise financeira que a Pixel está começando a apresentar?

Deixo esta questão para vocês.