21 março 2009

Spawn voltará a ser publicado pela Pixel Media?

Desde novembro não tínhamos notícias sobre a continuação de Spawn no Brasil. Como todos sabem, desde a saída de Cassius Medauar, editor-chefe da Pixel, o futuro da editora era incerto. Foi então que iniciou-se um movimento pelo retorno de Spawn às bancas. Com isto vários e-mails foram enviados pelos fãs à Ediouro, detentora da Pixel. Por vários dias tentei entrar em contato com a assessoria de imprensa e esta semana obtive a reposta de Marina Reis, do Ofício das Letras, empresa responsável como relações-públicas da Ediouro. No e-mail ela informa que Spawn voltará a ser publicado pela Pixel. Ela pede desculpas pela demora, mas isto ocorreu pois a Pixel está em processo de renovação de contrato com a Todd McFarlane Productions (TMP), mas ela garante que está em fase final de negociações. Ela termina o e-mail dizendo que em breve Spawn voltará às bancas, mas não diz quando. Ela também não cita sobre os títulos Wildstorm, ABC e Vertigo.

Consultado pelo Cassius, ele me garantiu que a Marina Reis não é nenhum fake como supôs ser Renato Lino, que há algum tempo divulgou uma nota de esclarecimento sobre os rumos da Pixel. Ela realmente existe e trabalha como assessora da Pixel

Também comentei o assunto com o Odair Braz, ex-editor da Pixel, que aproveitou para publicar uma matéria a respeito do assunto em seu site GameTV no link http://www.gametv.com.br/story.show.chain?story.id=14241

Através de uma segunda etapa do movimento, tentei entrar em contato com as maiores editoras de quadrinhos do Brasil (Panini, Mythos, Conrad, HQManiacs e Devir). Até agora a única que entrou em contato comigo foi a Devir. Leandro Luigi del Manto, editor-chefe da Devir, me respondeu que a Devir entrou em contato com a TMP e eles informaram que “a revista Spawn ainda está sob contrato com a Pixel Media. Algumas cláusulas contratuais ainda têm de ser observadas e somente no caso de algumas delas não estarem sendo cumpridas é que o contrato deixará de valer”.

Perguntado sobre a possibilidade da Devir retomar os títulos adultos da DC, ele diz que tem muito interesse mas, assim como Spawn, o contrato entre eles e a Pixel ainda é válido, mas espera que a situação se resolva pois são títulos muito bons para ficarem impublicáveis, e quem perde com isto são os leitores. Ele termina o e-mail desejando boa sorte aos fãs de Spawn, que são muito fervorosos, e anuncia que a Devir em breve publicará novos (e ótimos) lançamentos.

É o que todos nós esperamos também. Vamos continuar na torcida.